Medieval Memories

"Medieval Memories" by Paulo César Silva

“Medieval Memories” by Paulo César Silva
Marialva, Guarda, Portugal | July’14

Advertisements

8 thoughts on “Medieval Memories

  1. Lá estamos com lamúrias. Achas que pagar 1,50 € é muito?
    E o trabalho de não fazer nada pelo castelo, quem o paga? E o trabalho de deixar crescer a vegetação? De certeza que são ervas daninhas bem fortificadas.
    Todos esses trabalhos tem de ser pagos, ou achas que em Portugal abandonam-se todas estas construções sem mais nem menos?
    Não, é tudo cuidadosamente abandonado.

    • realmente aquilo deve ser uma preservação de património histórico amigo da natureza… e essa natureza está protegida por uma muralha!!! agora fico mais descansado relativamente ao destino que o meu 1,50 euros vão ter!!! 🙂

  2. Um abandono que mete dó e pelo li ainda teve que pagar 😦 A foto ilustra muito bem a falta de sensibilidade para com o nosso património histórico.

    • eu não diria ser falta de sensibilidade… eu diria que é preciso ter muita lata!!! classificam a aldeia como “Aldeia Histórica de Portugal”, pedem 1,50eur para visitar a área dentro das muralhas e tem aquilo em completo abandono. Entregam um folheto com informação deficiente (se não fosse a Wikipédia no meu telefone, não aprendia nada), não souberam responder a nenhuma das minhas questões e ainda tem a coragem de tentar vender um livro sobre as aldeias históricas de Portugal!!!!
      Eu até compreendo a falta de dinheiro e até de cultura para preservar/recuperar a nossa memória histórica. Só não compreendo este chico-espertismo!!!!

  3. O senhor Paulo César Silva está a passar-me à frente. 😀
    Andei por estes sítios (beira alta e sul de Trás-os-Montes) no verão do ano passado, mas ainda não publiquei nenhuma fotografia dessas minhas deambulações (a tal velha questão de não ter paciência para escolher/seleccionar as fotografias).
    Marialva foi um lugar que deixou-me feliz e triste. Feliz porque desconhecia a sua existência e foi somente por mero acaso que fui lá. Triste, porque sendo uma aldeia histórica podia estar melhor conservada. Não digo recuperada e reconstruída, mas sim conservada. Em algumas zonas as ervas daninhas eram maiores que as casas. É uma zona cheia de potencial turístico que podia ser melhor aproveitado.

    • A mim deixou-me escandalizado: numa aldeia classificada como Aldeia Histórica de Portugal tive de pagar 1,50 euros para ver aquele matagal!!!
      Acho que a torre de menagem e os edifícios ainda estão recuperáveis (excepto algumas torres da muralha). Podiam só limpar o mato, colocar um telhado, janelas e portas e a casa não necessitava ter nada por dentro… e ficava com outro aspecto!
      Outra coisa que me deixou admirado foi o facto do interior da muralha ter sido abandonado e a aldeia desenvolveu-se a volta da mesma… algo estranho que por 1,50 euros não souberam explicar!!! se calhar tinha de pagar mais 😀

    • Obrigado Elisa!
      É normal muitas construções medievais estarem em ruínas (terramotos, incêndios, abandono, etc…), mas nesta aldeia (Marialva, Meda, Guarda) que é classificada como “Aldeia Histórica de Portugal” todo o espaço do castelo apresentava-se bastante abandonado… e com entrada paga!!!! podiam ao menos limpar a vegetação daninha!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s